Centenas de milhares de tropas britânicas e aliadas cercadas por forças inimigas estavam encurraladas na praia e com o mar em suas costas. Uma corrida contra o tempo para resgatar o maior número de soldados já que os inimigos se aproximavam rapidamente e a batalha já tinha sido dada como perdida pelos britânicos. Para os soldados somente duas opções: aniquilação ou rendição.  Duração: 1h 46m

Nossa avaliação:

Enredo
Elenco
História
Trilha sonora
Desenvolvimento
Direção
Cenário
Média

O ano é 1940 e os alemães avançam rapidamente através da Bélgica cercando um grande número de soldados britânicos e aliados na costa da fronteira franco-belga. Segunda Guerra Mundial. Batalha de Dunquerque, França, o longa dirigido e roteirizado por Christopher Nolan descreve a evacuação desses soldados que estão entregues a própria sorte.

Quando se esgotam todas as possibilidades, a marinha e o exército britânico convocam embarcações civis para ajudar no resgate pois elas, sendo de pequeno porte, tem mais chances de transpor a maré.

O diretor optou por câmeras que filmam em 70mm como acontece com Quentin Tarantino, defensor da celuloide e cerca de 70% do filme foi gravado em formato IMAX. Christopher proporcionou ao público uma experiência aterrorizante de se ter a sensação de estar dentro da tela e sentir a aflição, angústia, o medo e a vulnerabilidade que as pessoas reais sentiram. As câmeras estão dentro da cabine de um Spitfire no ar com suas manobras de ataques e defesa, estão na praia, dentro da água, cruzando o canal em um iate, e com isso o diretor quis criar uma realidade virtual sem óculos, como ele mesmo disse em seus depoimentos sobre as filmagens. Colocar o público naqueles locais.

Segundo a produção, algumas cenas com os aviões não poderiam ter sido feitas com CGI.  Somente as câmeras instaladas de forma estratégica nos aviões é que conseguiram captar aquele efeito fantástico.

Uma bomba, uma granada, rajadas de metralhadoras, o som de um caça, esses são alguns detalhes que vez ou outra nos pegam de surpresa, assim como os combatentes na zona de conflito.

A trilha sonora acompanha as cenas de tensão indicando que algo ruim está para acontecer.

Durante as gravações a equipe teve que transpor alguns desafios e um deles foi a própria condição do tempo. Grandes tempestades e a própria maré que na história, dificultava o resgate. Isso deu mais realismo à história.

Quando escalava o elenco o diretor ao invés de pegar pessoas em torno de 28 a 30 anos e fingir que são mais novas, como normalmente fazem os filmes de Hollywood, Christopher escalou rostos pouco conhecidos e jovens. Até para estes atores a realidade montada para as gravações era tão impressionante que foi fácil viver tudo aquilo pois parecia que não estavam representando.

Presos naquela praia sem ter por onde escapar, esses soldados só contam com o tempo para se renderem ou serem aniquilados. A maneira como essa história termina faz dela uma das maiores histórias da humanidade.

No elenco de atores jovens estão: Fionn Whitehead, Aneurin Barnard, Jack Lowden, Tom Glynn-Carney, Billy Howle, Mickey Collins, Harry Styles e os veteranos: Tom Hardy, Mark Rilance e Kenneth Branagh.

Dunkirk chega aos cinemas dia 27 de julho com distribuição da Warner Bros. Pictures.

Para você sentir a criação de Christopher Nolan, dê preferência para salas IMAX.

Mais informações e vídeos sobre o longa acesse Aqui

Avaliação dos leitores:

Assistiu o filme? Concorda com a crítica? Deixe sua nota, logo abaixo:

[Total: 0    Média: 0/5]

Autor Sil Ramalho

Adoro filmes. Não ligo para o gênero, desde que ele seja um bom entretenimento. Foi pensando nisso que resolvi abrir um site e escrever sobre o que acontece neste universo mágico. Aqui no Fila da Pipoca vou falar de tudo um pouco: curiosidades do cinema, alguns posts bem humorados, bastidores, celebridades, enfim...tudo como se fosse uma conversa. Só vai faltar o café, pão de queijo, refrigerante, o que você quiser para sentirmos que estamos juntos, sentados em lugar bem agradável falando sobre o que mais gostamos: Cinema!

Mais postagens de Sil Ramalho

Concorda? Discorda? Deixe seu comentário!